Minicursos

Minicurso Carboquímica

  • Carga horária: 08 horas
  • Valor da Inscrição: R$60,00

Apresentação

Dentre as alternativas disponíveis para explorar de maneira mais sustentável o carvão mineral, a carboquímica vem apresentando-se como uma rota promissora. Através da carboquímica, o carvão mineral pode originar produtos outros além da eletricidade e calor, os quais incluem o metanol, amônia, ureia, gás natural sintético, poliolefinas, diesel. Em função de alguns destes produtos serem importados para atender às necessidades do país, e considerando o grande potencial das reservas de carvão disponíveis na região Sul do Brasil, a formação de mão-de-obra qualificada associada a esta cadeia produtiva e soluções de P&D que considerem as nossas particularidades são desafios que poderão ser decisivos para o sucesso de empreendimentos Carboquímicos.

Neste contexto, o minicurso focado na carboquímica se propõe a dar uma pequena contribuição.

Programa

O seu programa foi desenvolvido buscando proporcionar aos participantes uma visão geral sobre tendências e cenários, passando pelos principais aspectos conceituais, tecnológicos, ambientais e mercadológicos relacionados aos seus processos. Para tanto, reunirá visões complementares de pesquisadores que atuam na busca por inovação nestes processos, profissionais com experiência em plantas-piloto e industriais e/ou que atuam ao nível de planejamento do setor em governo estadual.

Ministrantes e currículos resumidos

Possui graduação em Engenharia Química pela EEL – USP (1991), mestrado em Engenharia Química pela UNICAMP (1995) e doutorado em Engenharia Química pela UFSC (2004). Atualmente é professora associada da Universidade Federal do Pampa, líder do Grupo de Pesquisa em Energia e Carboquímica e coordenadora do Laboratório de Energia e Carboquímica. Atua nos cursos de graduação e pós graduação em Engenharia Química e pesquisa com ênfase em processos térmicos de conversão (gaseificação e pirólise), carboquímica, aproveitamento e tratamento de resíduos industriais.

Pós-doutor em Bioenergia pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (2018); Pós-doutor em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (2014); Doutor em Bioquímica Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (2013); Mestre em Fitotecnia pela Universidade Federal de Viçosa (2008); Engenheiro Agrônomo pela Universidade Estadual de Montes Claros (2006). Professor Adjunto da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (desde 2014). Coordenador do Grupo de Pesquisa CESBIO – Centro de Estudos em Biorrefinaria. Membro Titular do Comitê de Assessoramento de Engenharias da FAPERGS. Orienta e co-orienta estudante de graduação e pós-graduação no Brasil e Portugal. Integra o Conselho Editorial da Revista Brasileira de Biomassa e Energia, Conselho Editorial da Revista de Estudos Tecnológicos em Engenharia. Editor Chefe da Revista Biorefinery Sustainable Solutions. Vários livros publicados sobre Biomassa e Biorrefinaria, no Brasil e exterior. Diversas publicações em jornais e periódicos científicos, sendo algumas premiadas. Em 2018 integrante do seu Grupo de Pesquisa foi agraciado com o Prêmio de Jovem Pesquisador Gaúcho, pela FAPERGS. Em 2019 foi homenageado como Destaque do Jornal Serra Geral em Minas Gerais, pelos relevantes serviços prestados nas áreas da Educação e Pesquisas Científicas. É revisor ad hoc de periódicos e projetos científicos. Tem experiência na área de engenharia, energias renováveis, biomassa, biorrefinaria e elaboração e gestão de projetos.

Graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007). Mestrado (2010) e Doutorado (2014) em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, atuando na área de cinética aplicada, catálise, reatores químicos e desenvolvimento de processos com foco nos processos de combustão e gaseificação de combustíveis sólidos e na conversão de gás de síntese. Estágio de pesquisa realizado na Université Lille I – Sciences et Technologies entre 2012 e 2013. Especialista em Gestão Empresarial pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUC-RS (2017). Formação complementar em gestão de resíduos sólidos urbanos e política e economia internacional de energia. Atuou como pesquisador na Fundação de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul – CIENTEC (2013-2017), coordenando projetos de pesquisa, laboratório e gerência do Departamento de Engenharia de Processos. Atuou na assessoria técnica da Secretaria de Minas e Energia do Rio Grande do Sul. Atualmente atua como coordenador da assessoria técnica da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura do Estado do Rio Grande do Sul.

Graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (2005). Mestre (2007) e Doutor (2016) em Engenharia Química pela mesma Universidade (UFRGS), nas áreas de processamento de resíduos industriais e produção de biogás por biodegradação anaeróbica de resíduos. Atuou nas áreas de avaliação de impactos ambientais, coleta e análise de emissões atmosféricas, processos térmicos de conversão (combustão e gaseificação de combustíveis sólidos, carvão e biomassas), geração termelétrica, reatores químicos e desenvolvimento de processos industriais. Atuou como pesquisador na Fundação de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul – CIENTEC (2012-2018), coordenando projetos de pesquisa e laboratório, bem como coordenando o grupo técnico e de pesquisa na área de energia. No ano de 2018 esteve em atividade junto à diretoria técnica da Secretaria de Minas e Energia do Estado do Rio Grande do Sul e, em 2019, atuou como assessor técnico da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura do Estado do Rio Grande do Sul.

Minicurso Modelação Numérica de Combustão de Carvão

  • Carga horária: 3 horas
  • Valor da Inscrição: R$40,00

Programação

O minicurso será iniciado com uma motivação para o emprego de ferramentas computacionais para investigação de problemas de combustão, seguindo com a apresentação de modelos para queima de combustíveis sólidos (carvão), envolvendo modelagem computacional em CFD. Na sequência apresentar estudos de casos de combustão em caldeiras e fornalhas já investigados pelo grupo do Labsim da URI. Finalizando com uma demonstração de implementação de um caso no Ansys (a ser confirmado).

Ministrante e currículo resumido

Prof. Dr. Cristiano Vitorino da Silva possui Graduação (1998) em Engenharia Industrial Mecânica pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Mestrado (2001) e Doutorado (2005) em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com tema de pesquisa na área de modelagem e simulação numérica de processos de combustão de gás natural. Atualmente é Professor e Coordenador de Área de Conhecimento de Engenharias e Ciência da computação da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI Campus de Erechim. Seus atuais temas de pesquisa estão vinculados à área de Fenômenos de Transporte, com ênfase em Ciências Térmicas, atuando principalmente em Simulação Numérica (CFD) de Processos de Combustão de Carvão Pulverizado e de Gás Natural. Dentre as funções que desempenha nessa Universidade, também é Coordenador do LABSIM – Laboratório de Simulação Numérica da URI – Campus de Erechim – RS e líder do grupo de pesquisa GEAPI – Grupo de Engenharia Aplicada a Processos Industriais do Curso de Engenharia Mecânica, credenciado junto ao CNPq. Também, devido à efetiva participação no Comitê de Combustão da ABCM – Associação Brasileira de Engenharia e Ciências Mecânicas, foi eleito secretário deste Comitê para o mandato 2014-2016. Nos últimos anos, vem atuando em projetos de pesquisas na área de modelagem e simulação numérica de processos de combustão em geradores de vapor, o que o credenciou no início de 2009 a participar da Rede Nacional de PD&I de Carvão, onde, atuando em parceria com o Curso de Engenharia Mecânica da UFRGS, vem desenvolvendo projetos de pesquisa em cooperação entre o LABSIM da URI, Geste da UFRGS, bem como a integrar, desde sua criação, a RNC – Rede Nacional de Combustão.

Minicurso Emissões Atmosféricas relacionadas ao uso do carvão

  • Carga horária: 4 horas
  • Valor da Inscrição: R$40,00

Programação

O curso abordará tecnologias de conversão de carvão, principais poluentes (MP, CO, SOx, NOx) com os respectivos limites de emissão conforme legislação, bem como metodologia de amostragem e análises laboratoriais. Os processos de captura de CO2 em fontes estacionárias e a implementação da Convenção de Minamata, especificamente sobre as emissões e liberações de mercúrio em termelétricas a carvão, também serão objeto desta atividade.

Ministrante e currículo resumido

Mestre em Engenharia Mecânica do Programa de pós-graduação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2018), possui graduação em Engenharia Mecânica pela Faculdade SATC (2014) e Tecnologia em Automação Industrial pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (2006). Tem experiência na área comercial ligada à hidráulica e pneumática bem como elétrica e controle de processos. Atualmente atuando como professor da disciplina de Geração e distribuição de vapor do curso de engenharia mecânica da Faculdade SATC e pesquisador do Centro tecnológico SATC com foco experimental nas áreas de transferência de calor e massa, mecânica dos fluidos, combustão e controle de emissões atmosféricas.

Mestra em Engenharia Química pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Especialista em Gestão Empresarial pela Universidade do Extremo Sul Catarinense – UNESC. Graduada em Engenharia Química e Química Industrial pela Universidade do Sul de Santa Catarina (1994). Atualmente é Analista de Projetos Pleno na Associação Beneficente da Indústria Carbonifera de Santa Catarina – SATC. Tem experiência na área de cerâmica e sistemas de gestão. Atualmente desenvolve atividades vinculadas ao Centro Tecnológico de Carvão Limpo – CTCL em processos de conversão de combustíveis sólidos, modelagem e simulação de processos utilizando o ASPEN PLUS.

Graduado em Engenharia Mecânica pela Faculdade SATC, atualmente é mestrando no Programa de Pós-Graduação em Energia e Sustentabilidade pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) com ênfase na linha de pesquisa Conversão e Controle de Energia. Atualmente pesquisador do Centro Tecnológico SATC, com foco experimental nas áreas de combustão e controle de emissões atmosféricas.

Tem graduação, mestrado e doutorado em engenharia química pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), tendo conhecimento nas áreas de síntese de materiais avançados a partir de resíduos sólidos, captura de CO2 e processos térmicos (gaseificação e combustão de carvão mineral e biomassa). Atualmente é pesquisador do Centro Tecnológico SATC e professor do curso de Engenharia Química da Faculdade SATC.